Repercute na imprensa e redes socias nota de vereadora de Saboeiro relatando insultos e ameaças do prefeito ~ Ceará da Gente

Repercute na imprensa e redes socias nota de vereadora de Saboeiro relatando insultos e ameaças do prefeito

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Wylna Castro Cavalcante, pessoas sorrindo
Vereadora Wylna e seu esposo, Paulo César Cavalcante (ex-vereador)

Uma nota publicada com o título "Sem Meias Palavras" na página do facebook da vereadora Wylna Cavalcante (PDT) de Saboeiro, vem ganhando repercussão, com diversos comentários e compartilhamentos. Reportagens veiculadas no Blog do Jocélio Leite e Ceará News também deram consistência ao relato da parlamentar, que segundo ela, recebeu um telefonema com diversos insultos e ameaças por parte do prefeito, Gotardo Martins, após sua participação na sessão da Câmara municipal da última sexta-feira (6), por ter levado à plenária um caso onde o gestor teria ido ao setor de trabalho de um funcionário público ameaçá-lo. 

Vejam a nota da vereadora Wylna na íntegra:

"Sem Meias Palavras 


Na condição de parlamentar, de cidadã e, sobretudo, de mulher, quero relatar os acontecimentos da sessão ordinária da Câmara Municipal de Saboeiro, nesta sexta-feira 06 de março de 2020. Estando eu, naquela casa como legítima representante do povo do meu município, relatei naquela casa do povo uma atitude do prefeito Gotardo Martins, em que ele foi até o ambiente de trabalho de um servidor público municipal ameaça-lo,  lembrando o fato de que esse servidor não é o primeiro que recebe ameaças do prefeito aqui em Saboeiro. Obviamente,  relatei também que essa não é uma postura condizente com a de um administrador,  nem mesmo de um cidadão de bem. Até porque, a nossa cidade está vivenciando uma onda de violência desenfreada e o gestor com essas atitudes de ameaçar a quem for reivindicar os seus direitos e/ou o descaso da administração está dando munições e espaço para outros agirem dessa forma. No meu entender, o gestor é para servir de modelo de cidadania, ética e bons princípios. Porém, caros amigos, conterrâneos e usuários das redes sociais, fui surpreendida com uma ligação do Prefeito Gotardo Martins, logo após  sessão. Ora, vejam só, a reação do prefeito coronel foi também me ameaçar, me desafiar e me ofender. “Pode arrochar, sua vagabunda, porque eu quero fazer eu faço”, disse ele, seguindo-se mais uma enxurrada de adjetivos de baixo calão, como costumeiramente se refere a quem o desagrada, e como habitualmente se dirige às mulheres, de forma grosseira, ofensiva, machista e desrespeitosa, uma de suas marcas registradas.Não posso me calar nem cruzar os braços diante de tal atitude inferior, e que fere à minha dignidade, à democracia, à minha condição de mulher e de pessoa. Mesmo vivendo o drama de enfrentar a dor pelo assassinato de dois tios queridos, em menos de 30 dias, fui à Câmara cumprir o meu papel, e este senhor que ocupa o cargo de gestor se julga no direito de violar todas as regras e condutas morais para ferir e desrespeitar as pessoas, os servidores e as mulheres de Saboeiro.  Isso demonstra o total desequilíbrio desse prefeito. Ele está desesperado porque a administração dele é a pior de todo o Estado e vendo a situação dele politicamente péssima. Age como o mal caráter que é, pela coação, pela imposição, querendo fazendo medo, ameaçando, querendo botar o povo a correr ou ir embora da nossa cidade.Não cessarei de denunciar os seus desmandos. Não me calarei diante de injustiças, nem por medo, nem por omissão. Sou mulher, mas isso não me inferioriza diante de nenhum homem, mesmo que estes vistam a couraça repugnante da opressão e da violência. Não tenho medo de suas ameaças, nem de sua arrogância, nem de seu descontrole, senhor prefeito. E fica aqui registrado meu repúdio, minha indignação e minha denúncia. Declaro, publicamente, que se algo acontecer à minha integridade física, é o senhor prefeito de Saboeiro, Gotardo Martins, o responsável. Por tudo isso que relatei aqui, e principalmente em nome de todas as mulheres que já foram caluniadas, humilhadas, desrespeitadas com palavras e atitudes por este senhor, estendo aqui minha homenagem à todas às mulheres saboeirenses pelo Dia Internacional da Mulher. Enquanto eu viver, serei uma digna representante da mulher e de tudo que ser mulher representa: força, inteligência, beleza, coragem e grandeza.
Atenciosamente,Wylna Cavalcante. – Vereadora, Professora, Mãe, Avó, Esposa, Cidadã, Mulher."

Diversos comentários na postagem da vereadora  expressam apoio, e confirmam a prática abusiva do prefeito, no seu trato com as pessoas, especialmente às mulheres, e relatam também a onda de violência que assola a cidade de Saboeiro. Aqui apresentamos imagens de alguns desses comentários: