Explosão irregular em Juazeiro assustou toda a cidade ~ Ceará da Gente

Explosão irregular em Juazeiro assustou toda a cidade

Imagens: Whatsapp

A enorme explosão registrada por volta das 20h30min desta segunda-feira na área entre os bairros Vila Três Marias e do Horto em Juazeiro do Norte foi ouvida a uma longa distância. Os relatos partiram de moradores dos cerca de 40 bairros e localidades rurais do município e até de algumas cidades.

próximas. As informações iniciais apontam para a dinamitação em áreas de loteamento sem as devidas observações técnicas dentro do processo de terraplanagem.

Nas redes sociais, diversos moradores residentes perto do local onde tudo aconteceu exibiram imagens de rachaduras em seus imóveis. Outros disseram que as explosões já vinham acontecendo, porém num barulho menor ao contrário da que aconteceu esta noite. Nas áreas mais distantes pessoas chegaram a imaginar que fosse um trovão barulhento e que viesse chuva, mas logo surgiram informações relacionadas com o processo de dinamitação na encosta da chamada Serra do Catolé.

A polícia foi acionada e militares da Polícia Ambiental e do Corpo de Bombeiros estiveram no local a exemplo de técnicos da Autarquia Municipal do Meio Ambiente em Juazeiro (AMAJU). Ainda na noite de ontem, o Sargento Aires Alexandre, da Polícia Ambiental, disse à reportagem do Site Miséria ter acionado uma patrulha por conta das informações de abalos na região.

No local, foi possível notar vestígios de dinamites e, provavelmente, usado de maneira excessiva, o que causou o impacto e a explosão ouvida em toda a cidade. Já os militares do Corpo de Bombeiros fizeram uma varredura na área, encontrando estilhaços de pedras e cheiro de queimado. Além disso, intensificaram buscas no local para tentar encontrar alguém que estivesse ferido, mas isso não aconteceu.

Todos vão retornar hoje à área para uma averiguação melhor da situação em torno da atividade ali desenvolvida. Em conversa com a reportagem do Site Miséria, o capitão Artur Graça, do Corpo de Bombeiros, advertiu que, para haver exploração de rochas a empresa precisa de, no mínimo, uma licença ambiental e de autorização do Exército Brasileiro para uso de explosivos.

Fonte: Miséria via Blog do Jocélio Leite