Cantora Taty Girl ofende e humilha cidadão saboeirense durante show de aniversário da cidade ~ Ceará da Gente

Cantora Taty Girl ofende e humilha cidadão saboeirense durante show de aniversário da cidade

Mozer Neris estava no show com amigos ao ser veementemente ofendido por Taty Girl
Durante show na madrugada do dia 2 para o dia 3 de fevereiro, na ocasião do encerramento da Festa de Nossa da Purificação e Celebração dos 197 anos de emancipação política de Saboeiro, a cantora Taty Girl, irritada com um dos saboeirenses presentes no show, que teria feito um sinal de desagrado ao seu show com o polegar voltado para baixo, desceu do salto e da posição de artista para ofender com grosserias e expressões de baixo calão esse cidadão. 

Francisco José Neris, mais conhecido como Mozer Neris, em Saboeiro, em contato com nossa reportagem, relatou o fato com muita indignação. Os termos utilizados pela cantora não são cabíveis de serem reproduzidos aos nossos leitores, por ser, além de palavreado vulgar e do mais baixo nível, forte teor homofóbico e preconceituoso, de modo que as ofensas morais dirigidas a este conterrâneo, se constitui uma ofensa à toda a classe LGBT. 

Mozer Neris afirmou estar tomando as medidas legais contra a cantora, e publicou uma nota de repúdio em suas redes sociais.


Soltando o Verbo:

Além de ser um conterrâneo, Mozer Neris é meu amigo pessoal, e uma das pessoas mais alegres e extrovertidas que eu conheço, um homem trabalhador, cidadão de bem. Não poderia jamais compactuar com a atitude grosseira e pequena dessa que se diz artista, até mesmo porque, se uma única pessoa, no meio de milhares, demonstrou desagrado com um simples gesto ao seu show, imagine se fosse uma manifestação coletiva. Além da grosseria e deselegância, a atitude revela despreparo emocional, arrogância e baixaria, por parte de quem deve ter o máximo de respeito ao público, visto que um artista vive do seu público, e críticas sempre têm seu lado construtivo. Registro aqui o meu repúdio a esta cantora, que por sinal também não considero uma boa cantora, estando muito aquém do nível de artista que aprecio. Meu repúdio também, aos conterrâneos que, incentivados pela cantora, vaiaram um conterrâneo pra agradar uma pessoa só pelo seu status de artista. Arte pra mim, é talento,  e deve sempre ser acompanhada de humildade e educação, respeito ao ser humano, à sexualidade das pessoas e às cidades. Não foi somente meu amigo e conterrâneo que foi desrespeitado. Pra quem entende, isso manchou a linda festa que foi organizada, e feriu indiretamente a todos os presentes e todos os saboeirenses (toda ofensa contra um irmão é uma ofensa a si mesmo, e em saboeiro somos todos uma família), diretamente à família de Mozer Neris, bem como à toda a classe LGBT.  (Aécia Leal- Diretora Geral do Portal Ceará da Gente)