Detalhes do lançamento do livro de Erlindo Braga em Saboeiro ~ Ceará da Gente

Detalhes do lançamento do livro de Erlindo Braga em Saboeiro


O lançamento do livro HISTÓRIA DE SABOEIRO E AS SETE IRMÃS NA MONARQUIA E NA REPÚBLICA em Saboeiro, foi um momento ímpar, que se revelou como um grande presente às gerações do presente e do futuro. Erlindo Braga trouxe aos saboeirenses a oportunidade de enfim conhecer a nossa verdadeira história. e seu livro é a maior contribuição literária para o resgate da história do nosso município de Saboeiro até então. Todo saboeirense deve se inteirar da produção dessa grandiosa obra, não só pelas suas 724 páginas, mas pelo valor histórico, cultural, educacional e emocional de seu conteúdo.


A elaboração da obra HISTÓRIA DE SABOEIRO E AS SETE IRMÃS NA MONARQUIA E NA REPÚBLICA, foi objeto de exaustiva e obstinada pesquisa realizada desde 1718, data de concessão da Sesmaria, que deu origem a Saboeiro até 2019. Realizei os trabalhos de pesquisa em viagens periódicas de 2009 a 2019, a Fortaleza, Saboeiro, Iguatu, Crato, Rio de Janeiro e Brasília, como se pode observar nas Instituições onde foram feitas as pesquisas históricas, na parte referente aos agradecimentos. Consultei, ainda, inúmeras obras objetivando obter informações sobre Saboeiro, como se pode constatar às Fls. 719 a 724 do livro. (Erlindo Braga)

O evento aconteceu na Câmara Municipal de Saboeiro, apesar de ter um público presente muito reduzido, foi transmitido ao vivo na página da Câmara Municipal e no meu facebook (Aécia Leal). Estiveram presentes, além do autor, a sua esposa, a advogada Iracema Braga, o empresário Zé Duquesa, Perpétua Braga, e o engenheiro Dr. Nilton Fernandes Vieira.

No início da solenidade foi executado o Hino Oficial de Saboeiro, composto pelo autor do livro. A biografia de Erlindo foi apresentada por sua esposa, Iracema Braga. Erlindo fez um resumo da estrutura do livro, resultado de uma pesquisa exaustiva e obstinada de Saboeiro, trazendo a origem, sua estrutura organizacional, municipal, judiciária e eclesiástica; e fatos importantes relacionados com o nascimento do movimento republicano no Ceará que aconteceu aqui em Saboeiro, com a criação do 1º Clube da República do Ceará, em agosto de 1872 e a criação da Sociedade Libertadora Saboeirense, em julho de 1873, que objetivava o fim da escravidão em Saboeiro;  as atividades da Família Carcará, a partir das sete irmãs portuguesas. 

Reflexão: O Saboeiro de ontem e o de hoje

Queremos destacar aqui, alguns trechos da fala do Dr. Nilton Fernandes Vieira, que apontou três pontos de reflexão aos quais chamou de provocação.

1º- Os seus ancestrais:  Evocou a lembrança dos primeiros carcarás que habitaram em Saboeiro
"Homens que chegaram a esta terra árida, criaram raízes, cresceram, se desenvolveram, fizeram história  andando a cavalo daqui para Fortaleza, que buscavam suprimentos em Icó, Crato, em carros-de-boi; homens que eram fortes, corajosos, fincaram pé, construíram casas lindas que até hoje ainda existem algumas por aqui; homens que alcançaram prestígio no Ceará e no Brasil, que fizeram Política "com P Maiúsculo", homens que fizeram fortuna nesta terra árida. O homem mais rico do Ceará naquela época viveu aqui, e olhe que Saboeiro é uma terra pobre, mas eles foram capazes de produzir. Tiveram influência muito grande na província e no império. Tínhamos aqui deputados estaduais e federais, senadores da república correspondendo aos de hoje, homens com garra, determinação, amor à pátria, amor à terra deles."
2º- Aonde fracassamos? 


"Nesses 168 anos perguntamos às novas gerações o que foi que nós fizemos com um poder desses que nós tínhamos, de riquezas, de dinheiro, de economia, de sociedade, de Política, o que foi que nós fizemos que deixamos de ter tudo isso e chegamos ao Saboeiro que nós temos hoje? Aonde foi que fracassamos? Aonde foi que pecamos? Foi na dispersão? Foi nas intrigas? Foi nas futricas? Foi na politicagem "com p minúsculo"?  O que foi que fizemos? [...] Naquele tempo eles criaram uma Paróquia em Saboeiro, e nós o que fizemos? Expandimos? Se nós tivéssemos trabalhado com o afinco que eles trabalharam, hoje Saboeiro podia ser a sede de uma Diocese. Naquele tempo eles criaram escolas na sede e nos distritos. Eles pensaram nas crianças, pensaram em educar, porque a educação promove as pessoas. E nós? O que foi que nós criamos? Nós ampliamos a educação? Nós melhoramos a educação? Criamos faculdades? Não poderia ser Saboeiro a sede da Universidade dos Inhamuns?"

3º- Um desafio: Vamos fazer um Saboeiro de novo grande?


"Estamos no século XXI, ano 2019, é uma utopia, mas eu sei que sonhar não é pecado. Eu queria fazer um desafio a vocês: Vamos nos unir, vamos pensar num Saboeiro grande. Porque não pensar num Saboeiro grande? Se todo mundo se unir, acabar com essas intrigas, as "coisinhas", as picuinhas, esse egoísmo que é todos, se todo mundo trabalhar para o bem da cidade, da coletividade e da região, isso cresce. [...] É um sonho possível de ser realizado."
O Presidente da Câmara, Vereador Thiago Braga, exaltou a importância da obra e do passado histórico de Saboeiro no cenário estadual e nacional. O vereador defendeu a elaboração de um projeto que inclua o estudo do conteúdo do livro e de outras obras que retratem a história do município nas escolas, e de um projeto para aquisição de exemplares para distribuir para todas as escolas do município. 

Erlindo Braga doou dois livros, sendo um exemplar para a Biblioteca Municipal e outro para a Biblioteca da Escola Municipal Manoel Gonçalves dos Santos.

O Prefeito Gotardo Martins, aproveitou a oportunidade e fez algumas considerações do campo político, mas falou da importância do livro para muitas gerações, e pediu para que os filhos ilustres e bem sucedidos de Saboeiro unissem forças e ajudassem mais o povo de Saboeiro, pois muitos ocupam altos cargos, tem as melhores relações com os mais poderosos do Estado, ia ser muito benéfico para o povo de Saboeiro. Ele citou como exemplo doações de cestas básicas, prestação de serviços à população carente de Saboeiro. Ele também sugeriu que os organizadores do encontro dos filhos da terra organizasse um encontro aqui no município.

Fotos