Cresce a estatística de homicídios em Saboeiro ~ Ceará da Gente

Cresce a estatística de homicídios em Saboeiro

Foram três homicídios dentro de 13 dias


Desde o feriado de 15 de novembro já foram três homicídios em Saboeiro, no sertão dos Inhamuns, marcando um mês de violência e insegurança na pequena cidade do interior cearense. 

Na manhã do dia 15 do mês em curso, aconteceu, Antonio César Braga (54 anos, sem antecedentes criminais)  foi assassinado com um tiro no tórax, ao lado de sua casa, na Rua Padre Cícero. Cinco dias depois, no dia 20, foi registrado mais um crime. A vítima foi identificada como Geidivaldo Duarte Freires, 35 anos, agricultor, foi executada por volta das 19, com 11 tiros e 8 facadas, em frente à sua residência, no Sítio Mucambinho. E hoje, dia 29, foi sepultado, a terceira vítima do mês, o senhor Francisco Juciê Braga, assassinado por volta das 05h:00 da manhã desta quinta-feira (28), no curral onde rotineiramente ordenhava algumas vacas de sua propriedade todas as manhãs.

A população saboeirense está refém do medo com a onda de violência que voltou a assolar Saboeiro. Uma reportagem do Blog do Jocélio Leite retrata fielmente a situação de insegurança do município. Aqui extraímos algumas palavras dessa reportagem especial que foi publicada ontem no referido meio de comunicação:

"Em menos de um mês já foram três assassinatos e diversos assaltos, depois de alguns meses de um pouco de sossego. O hábito de se sentar nas calçadas e manter a porta aberta não existe mais. A expressão no rosto das pessoas é de medo, não se ouve um grito pedindo paz... o medo é maior. As autoridades municipais também estão de olhos e boca bem fechados, distraídos sabe-se lá com que, que não busca junto à mídia e autoridades do Estado, chamar atenção para a dura realidade de Saboeiro. Como Pilatos, lavam as mãos, enquanto os “Barrabás” comemoram o caminho livre para o crime e a impunidade." (Blog do Jocélio Leite)

Para ter acesso a essa matéria completa, acesse o link:  https://www.blogdojocelioleite.com.br/2019/11/saboeiro-terra-sem-lei.html

Impunidade, medo, indignação, tristeza, descaso... Nisso se resume a situação atual de Saboeiro. O assassinato de Jucie Braga repercutiu nas redes sociais dos moradores da cidade e mídia regional. Era um homem de bem, pacato, trabalhador, que já havia sofrido a dor de ter dois filhos assassinados. Toda nossa solidariedade aos que restaram da família de Juciê, e que Deus os console e fortaleça.