Tony Gordon, a Voz do Brasil! Cantor vence o The Voice Brasil 2019

Tony Gordon posa com o troféu de campeão do The Voice Brasil com o técnico Michel Teló — Foto: Artur Meninea / Gshow
Foto: Reprodução GShow

O paulista Tony Gordon venceu a edição 2019 do reality show The Voice Brasil, da TV Globo, na noite desta quinta-feira (3). O cantor de 53 anos, membro do time de Michel Teló, marcou o público com uma voz potente e obteve 36,62% do total de votos. 

Com a vitória, o Técnico Michel Teló se consagra Penta Campeão no Reality. 

Gordon se apresentou individualmente com a canção "O Portão", de Roberto Carlos. A semifinalista Samara Alves dividiu o palco com o finalista, num lindo dueto interpretando "Hey Jude", um dos maiores clássicos dos Beatles.

O paulista era o competidor mais velho na finalíssima. Além dele, William Kessley (26), de Goiânia; Ana Ruth (18), de Juazeiro do Norte (CE); e Lúcia Muniz (16), de Montes Claros, no Norte de Minas, disputaram o prêmio. 

Tony Gordon leva para casa R$ 500 mil, um carro zero quilômetro, um contrato com a gravadora Universal Music e gerenciamento de carreira. Ele recebeu cerca de 6,5 milhões dos 18 milhões de votos da final.

"São 32 anos de carreira. Entrei no The Voice e me tornei o The Voice. Passaram alguns dias e eu me tornei o Tony Gordon do The Voice. E é com muita honra que posso ser chamado Tony Gordon da edição do The Voice 2019."

Essa foi a oitava edição do reality, iniciado em 2012. Antes de Gordon, Léo Pain, Samantha Ayara, Mylena Jardim, Renato Vianna, a dupla Danilo Reis & Rafael, Sam Alves e Ellen Oléria venceram o concurso.

" A gente agradece, representa o bom músico, o bom cantor, o cantor de verdade. Não estou sozinho. São todos lindos. Tudo é muito de verdade e a gente está aqui para passar a verdade para vocês. Muito obrigado!" (Tony Gordon)



Declarado campeão, seguiu-se uma sequência de lindas palavras e agradecimentos, o cantor interpretou o sucesso "Você", do Tim Maia. Foi realmente uma noite emocionante!

E não acaba quando termina. Tony Gordon ainda conversou com Tiago Leifert, Jenniffer Nascimento e os técnicos do The Voice:

"A minha maior alegria é mostrar, por meio dessa coisa gigantesca, que as coisas podem acontecer na vida. A gente pode vencer depois de achar que está em casa e que já está bem. Não é isso, é tudo. The show must go on ("O show tem que continuar", em inglês). Nós temos que morrer cantando, estamos falando de voz. Hoje é o ponto de partida!"
Com informações do Gshow e em.com