Mulher empurra Padre Marcelo Rossi do palco durante Missa em SP ~ Ceará da Gente

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi do palco durante Missa em SP

Imagem: Internet

Uma mulher empurrou o padre Marcelo Rossi do palco de um evento na tarde deste domingo (14) em Cachoeira Paulista, em São Paulo. O vídeo que mostra o momento em que o religioso cai do palco se espalhou pelas redes sociais. 
O padre Marcelo participava do encerramento do Acampamento PHN (Por Hoje Não, por hoje não vou mais pecar), na sede da comunidade católica Canção Nova, quando foi surpreendido pelo ataque da mulher, enquanto pregava.
A missa era transmitida ao vivo pela internet. O vídeo mostra a pregação do religioso quando, repentinamente, uma mulher de blusa branca corre na direção do padre e o empurra. Ele cai do palco, enquanto a mulher aparece sorrindo. A câmera se volta para os fiéis assustados.
No momento da agressão, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Depois da queda, ele ainda voltou ao palco minutos depois e continuou com a pregação. O padre não se feriu. A mulher desceu do palco e fugiu pulando as grades, mas foi contida por fiéis e foi encaminhada pela Polícia Militar para a delegacia de Lorena, onde o caso será registrado. Segundo a corporação, é a Canção Nova quem está dando seguimento ao caso, já que o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.

O estado de saúde do religioso

Apesar do susto, o religioso está bem, de acordo com a página oficial da comunidade Canção Nova no Instagram, onde foi publicada uma fotografia do sacerdote informando que ele estava bem. O padre chegou a gravar um vídeo após o acontecimento dizendo que estava ótimo. 
Disponibilizado na internet pela jornalista Marina Andrade, o religioso conta que está tudo bem com ele apesar da aparente gravidade da queda que sofreu. O vídeo foi gravado pela assessoria da Canção Nova.
“Canção Nova, glória a Deus. Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente. Estou ótimo. Fiquem tranquilos, tudo bem. Só umas dorzinhas. Isso aí é normal. Não quebrou nada. Amém”, afirmou, sorridente, na gravação.
A Agressora
De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, a mulher que empurrou o padre, apresenta quadro de confusão mental, transtorno bipolar e faz tratamento psiquiátrico. A agressora, que não teve a identidade revelada, tem 32 anos, e viajou do Rio para Cachoeira Paulista (SP) acompanhada do filho de 2 anos, em uma caravana. Ela acessou o palco pela rampa lateral, pulou as caixas de som, conseguiu se desvencilhar dos seguranças, correu em direção ao religioso e o empurrou. Após o grande susto, o padre foi atendido pela equipe médica do evento e voltou para terminar a celebração.

O caso foi registrado como lesão corporal, mas o padre não quis prestar queixa contra a mulher. Ela foi liberada da delegacia e encaminhada ao atendimento da equipe médica e social da Comunidade Canção Nova, junto com o filho e a responsável pela caravana.




Aécia Leal- Com informações do DN, do Potal Cenapop da UOL e do Extra Globo.

Vídeo: TV Tony Silva